1 de Setembro: Dia Mundial de Oração pela Criação

A Comissão Episcopal de Pastoral Social e Mobilidade Humana, da Igreja Católica em Portugal, associou-se aos alertas pela situação na Amazónia, afetada por incêndios em vários países, numa mensagem para o próximo Dia Mundial de Oração pela Criação (1 de setembro).

“Amazónia! Se tivéssemos de escrever uma só palavra nesta Nota, este ano, infelizmente, era óbvia: Amazónia”, assinalam os membros da comissão, em nota divulgada hoje.

O texto evoca a preocupação manifestada pelo Papa, no último domingo, com os “vastos incêndios que deflagram na Amazónia”, considerada por Francisco como um “pulmão de florestas” vital para o planeta.

“Estas palavras do Papa, na Praça de São Pedro, exprimem também o nosso apelo e o nosso sentir”, assinala a Comissão Episcopal de Pastoral Social e Mobilidade Humana.

Unidos aos nossos irmãos Bispos do Brasil (CNBB) e de toda a América Latina (CELAM), também nós afirmamos: «Se a Amazónia sofre, o mundo sofre»”

O organismo da Conferência Episcopal Portuguesa aponta ainda ao próximo Sínodo especial sobre a Amazónia, convocado para o próximo mês de outubro, pelo Papa, elogiando o instrumento de trabalho: “Ficamos impressionados com a qualidade da reflexão que permitirá, estamos certos, ensaiar novos e corajosos passos do nosso ser Igreja que nos lancem para o futuro, guiados pelo Espírito Santo, na continuidade do Concílio Vaticano II”.

A Igreja Católica aderiu ao Dia Mundial de Oração pelo Cuidado pela Criação por decisão do Papa Francisco em 2015, após a publicação da encíclica ‘Laudato si – Sobre o cuidado pela Casa Comum’, em junho desse ano, associando-se às comunidades ortodoxas e outras Igrejas cristãs.

A Comissão Episcopal de Pastoral Social e Mobilidade Humana assinala, na sua mensagem para a celebração de 2019, alerta para as consequências “bem patentes” das alterações climáticas em Portugal, nos incêndios, na “diminuição do caudal dos rios e o risco de seca”, recomendando “uma especial prudência no gasto da água”.

A nota convida todas as comunidades cristãs a “dar graças a Deus pela Criação e a pedir ao Criador a conversão dos corações” para efetivas mudanças em políticas públicas que têm tido “dramáticas consequências da degradação ambiental na vida dos mais pobres do mundo”.

A rede ‘Cuidar da Casa Comum’ vai promover iniciativas englobadas no Dia Mundial de Oração pelo Cuidado com a Criação, com textos de reflexão e o encontro ‘Também somos Terra’, que se realiza no dia 21 de setembro, entre as 11h00 e as 18h00, na casa das Irmãs Doroteias, no Linhó, perto de Sintra, que se encerra com uma celebração ecuménica.

“Também somos Terra é um dia de festa, de ação de graças pelo dom da criação, de alegria e esperança, porque, apesar de tudo, o Criador é por nós”, adianta a organização.

Octávio Carmo/ Agência ECCLESIA

epa07799814 A fireman work to extinguish a fire at a forest near Porto Velho, Brazil, 28 August 2019. Brazil Amazon region suffer the worst fires of the last years. The government of Brazil has deployed some 40 thousand military personnel in the Amazon region.  EPA/Joedson Alves

Contactos