Arquidiocese de Évora: Semana de Oração pelas Vocações marcada por ordenações de diáconos

No dia 30 de Abril, no extremo oeste da Arquidiocese de Évora, nomeadamente, na Paróquia de Benavente, D. José Alves, arcebispo de Évora, ordenou dois novos diáconos, Nelson Fernandes, de 25 anos de idade, do Seminário Maior de Évora, e Alessandro Cont, de 29 anos de idade, do Seminário Redemptoris Mater.
Numa tarde primaveril, a imponente, ampla e bela igreja Matriz de Benavente foi demasiado pequena para acolher a enorme multidão que fez questão de estar ao lado dos dois jovens, um português, o Nelson Fernandes, natural de Aboim da Nóbrega, freguesia do concelho de Vila Verde, distrito de Braga e formado no Seminário Maior de Évora, e um italiano, o Alessandro Cont, do Caminho NeoCatecumenal, e formado nos Seminários Redemptoris Mater de Lisboa e de Évora.
Cerca de meia centena de presbíteros concelebraram com D. José Alves uma Eucaristia solene, que contou com os cânticos entoados pelo coro da Matriz de Benavente, com o apoio de vários eborenses, seminaristas e elvenses que pertencem ao coro Beato Aleixo Delgado, incluindo o organista de Elvas, Tiago Carlos.
Na introdução à celebração, o Arcebispo de Évora disse: “damos graças a Deus pelos dons que tem concedido à Sua Igreja, e pedimos-Lhe que derrame a luz e a força do Seu Espírito sobre estes dois candidatos que hoje se apresentam para serem ordenados de diáconos”.
À homilia, depois de uma reflexão sobre as leituras respeitantes ao terceiro Domingo da Páscoa, o Arcebispo de Évora explicou as principais funções dos diáconos: o Serviço à Liturgia, à Palavra e à Caridade.
“Meus Irmãos, convido-vos para que comigo demos graças ao Senhor da messe que nos manda estes dois obreiros para que cuidem da messe desta porção do Povo de Deus confiada aos meus cuidados de pastor. Não vos esqueçais de rezar continuamente por eles para que permaneçam fiéis ao ministério que hoje lhes é confiado, dando sempre testemunho credível de Cristo ressuscitado tanto por palavras como com a sua própria vida”, concluiu D. José Alves.
De seguida, aconteceu o rito de Ordenação, com os novos diáconos a fazerem as promessas. Seguiu-se a imposição das mãos e a oração do Arcebispo de Évora. Depois receberam a estola,
a dalmática de Diácono. Por fim, receberam o Evangelho e o Ósculo da Paz do Arcebispo de Évora.
O primeiro fruto do Seminário Redemptoris Mater
No final da Eucaristia, o Pároco de Benavente, Pe. Tarcísio Pinheiro manifestou perante a Assembleia a alegria por estas ordenações. “Não há memória de ordenações em Benavente  e esta data ficará definitivamente marcada nos nossos corações e na história desta Paróquia de Benavente. Também ficará na história o facto da ordenação do Alessandro, que neste último ano de preparação para Presbítero tem feito o seu estágio pastoral na nossa Paróquia, ser o primeiro fruto do Seminário Redemptoris Mater da nossa Arquidiocese”, sublinhou o Pe. Tarcísio Pinheiro.
No final da celebração, o Arcebispo de Évora revelou ao semanário “a defesa” que “é uma coincidência feliz o facto destas ordenações de dois diáconos acontecer no primeiro dia da Semana de Oração pelas Vocações. Espero que isto desperte as comunidades cristãs para que durante esta semana intensifiquem a oração para que Deus nos conceda mais vocações sacerdotais, de consagração e ao matrimónio católico”.
“Hoje vivemos também uma grande alegria porque um destes diáconos pertence ao Seminário Redemptoris Mater e é o primeiro fruto deste Seminário que já temos connosco desde 2012. Alegramo-nos muito por isso e é uma esperança de que entre os dois Seminários consigamos ter os sacerdotes que precisamos para a nossa Arquidiocese tão carecida de vocações sacerdotais”, concluiu D. José Alves.
Um dia de muita alegria
“Hoje é um dia de muita alegria. É mais um passo importante na minha vida que marca, que dirige e de entrega. Como refere o lema que escolhemos para esta ordenação: “Vós sereis meus amigos se fizerdes o que eu vos mando”, este é o meu propósito e que Deus me ajude a entregar-me a Ele e ao próximo” disse ao semanário “a defesa”, no final da celebração, o Diácono Nelson Fernandes.
A mesma alegria foi também partilhada pelo Diácono Alessandro Cont: “É realmente um dia muito feliz na minha caminhada. O Senhor fez uma história maravilhosa e faz maravilhas na minha vida e hoje está a confirmar e a dar-me um memorial do Seu Amor. E eu estou, de facto, muito agradecido ao Senhor”.
O diácono Nelson Fernandes continuará a sua formação no Seminário Maior de Évora, continuando a acompanhar, aos fins de semana, o senhor Arcebispo nas suas actividades pastorais.
O diácono Alessandro Cont prosseguirá a sua caminhada ao serviço da Paróquia de Benavente, onde há alguns meses está a trabalhar, e sobre a qual considera que “tem sido uma boa experiência. O ambiente é muito bom, assim como a forma como as pessoas me acolheram. E vejo que o Senhor está ajudar-me muito a mim e ao senhor Pe. Tarcísio”.
Após os cumprimentos aos neo-ordenados foi servido um ágape num espaço da cidade de Benavente.
Texto e foto: Pedro Miguel Conceição
3 Comments
  • António Carlos on Maio 3, 2017

    Não foram só eborenses que ajudaram o coro de Benavente, também foram na sua grande maioria elvenses que pertencem ao coro Beato Aleixo Delgado incluindo o organista de Elvas, o Tiago Carlos.

    • Pedro Conceição on Maio 3, 2017

      Exmo Senhor

      Muito obrigado pela informação que será incluída na notícia.

      Cumprimentos.

      PMC

      • António Carlos on Maio 3, 2017

        Desculpe o desabafo, mas foram muitos dias de trabalho e dedicação para que este dia fosse memorável,estamos para servir a igreja através do canto não queremos elogios, mas sabem bem pelo menos dizer que também colaboramos com muito carinho na celebração.
        No entanto agradecemos.
        Um abraço.

Deixar um Comentário