CANCELADAS: Multisseculares Festas dos Prazeres, em honra de Nossa Senhora da Boa Nova (Terena)

Confraria de Nossa Senhora da Boa Nova

TERENA

 

COMUNICADO

 

            Nesta hora grave e solene que o nosso país e toda a Europa atravessa, perante a pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, a Confraria de Nossa Senhora da Boa Nova, alinhando plenamente com as indicações emanadas do Governo, das autoridades de Saúde e do Município de Alandroal assume a grave decisão de reconhecer que não estão reunidas as condições para a realização das multisseculares Festas dos Prazeres, em honra de Nossa Senhora da Boa Nova, que estavam previstas para decorrer na vila de Terena, entre os dias 17 e 21 de abril de 2020.

A decisão do cancelamento das festividades foi tomada após séria e demorada ponderação, conscientes de toda a gravidade do momento que atravessamos e após consulta das autoridades civis e eclesiásticas. Esta decisão não foi tomada de ânimo leve, estando a Confraria plenamente ciente do enorme significado emocional que tal cancelamento acarreta para toda a multidão de devotos de Nossa Senhora da Boa Nova, tanto mais que a Confraria tinha já envidado inúmeros esforços e compromissos para a boa realização dos festejos.

Sabemos que esta decisão causará imensa tristeza em todos, particularmente aos habitantes e naturais da vila de Terena, ao concelho de Alandroal e a todo o Alentejo. Como é do conhecimento geral, a Confraria tem vindo a desenvolver esforços, por todos os meios, para a dignificação e valorização, quer do Santuário, quer da Romaria, sendo por isso com muita desolação que fazemos este anúncio. Estamos em plena fase de mitigação do vírus e tendo em conta a responsabilidade social, que a todos diz respeito, não seria possível levar por diante a preparação do evento, até pelos esforços económicos inerentes à contratualização de inúmeros serviços relacionados com as Festividades.

Não podemos deixar de agradecer a todos os que, de alguma forma, tinham já contribuído para a realização das festas de 2020, não podendo aqui deixar de fazer uma referência ao Excelentíssimo e Reverendíssimo senhor Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, que tinha prontamente acedido ao convite para presidir à Eucaristia e à Procissão da segunda-feira, dia 20 de abril, ao contributo do Senhor Comendador Rui Nabeiro, através da publicidade que generosamente nos ofereceu e a todos os que tinham já dado o seu patrocínio ou disponibilizado o seu tempo para ajudar na preparação da Festa. A todos, sem exceção, aqui fica registado o nosso bem-haja.

Tendo igualmente presente as orientações emanadas da Arquidiocese de Évora e da Conferência Episcopal Portuguesa, estão por isso suspensas as celebrações litúrgicas no Santuário de Nossa Senhora da Boa Nova, até ser superada esta situação de emergência nacional. Para já, o Santuário permanecerá disponível para a oração pessoal, em situação extraordinária, nos horários habituais, no entanto, a Confraria apela ao bom senso, pelo que solicitamos alguma contenção neste momento e, neste sentido, apelamos a que todos permaneçam nas suas casas, conforme nos tem sido repetidamente solicitado pelas autoridades.

É intenção da Mesa Administrativa promover, em data que oportunamente será anunciada, após serem levantadas as medidas de emergência nacional postas em vigor, uma celebração solene no Santuário em honra e louvor de Nossa Senhora da Boa Nova que possa reunir todos os que queiram associar-se a este ato.

Os membros da Confraria partilham com todos da enorme tristeza causada por este comunicado e pedimos que todos se unam a nós numa prece de oração a Nossa Senhora, para que, por sua intercessão maternal, cesse a propagação deste vírus no nosso país e no mundo. Oremos especialmente pelos doentes, pelas suas famílias e pelos profissionais de saúde, para que a Virgem da Boa Nova de todos seja amparo e proteção.

Terena, 13 de março de 2020

O Juiz da Confraria de Nossa Senhora da Boa Nova

 

Contactos