D. Francisco Senra Coelho nomeado Arcebispo de Évora

Nesta terça-feira, dia 26 de Junho de 2018, o Papa Francisco nomeou D. Francisco Senra Coelho, actualmente bispo auxiliar de Braga, como Arcebispo de Évora.

A entrada solene de D. Francisco Senra Coelho na Arquidiocese de Évora está agendada para o domingo, dia 2 de Setembro de 2018. Até lá, D. José Francisco Sanches Alves ficará como administrador apostólico.

Recorde-se que foi a na Quinta-feira Santa, dia 17 de Abril de 2014, no
final da celebração litúrgica, o Arcebispo de Évora, D. José Alves, anunciou a nomeação do cónego Francisco Senra Coelho como Bispo Auxiliar de Braga.
D. Francisco Senra Coelho para além de se ter revelado como um historiador e de ter colaborado com assiduidade no jornal “a defesa”, foi um pastor incansável nas paróquias que lhe foram confiadas e dedicado assistente dos Cursos de Cristandade.

Biografia do Arcebispo de Évora nomeado

D. Francisco José Villas-Boas Senra de Faria Coelho nasceu a 12 de Março de 1961 em Maputo, Moçambique sendo os pais naturais de Adães, concelho de Barcelos, na Arquidiocese de Braga.
Frequentou o Liceu Nacional de Barcelos e o Liceu Sá de Miranda, em Braga, enquanto estava já no Seminário Conciliar da cidade minhota.
Em 1980 ingressou no Seminário Maior de Évora onde concluiu o curso superior de Teologia, sendo posteriormente ordenado a 29 de Junho de 1986 pelo arcebispo de Évora, D. Maurílio de Gouveia.

Em Abril de 2014, o cónego Francisco José Senra Coelho era pároco de Nossa Senhora de Fátima e de São Manços, em Évora, e de Nossa Senhora da Consolação em Igrejinha (Arraiolos), além de ser o vigário forâneo da Vigaria de Évora e o
moderador da Zona Pastoral Centro/ Sul da Arquidiocese de Évora.
Na altura era também assistente religioso dos estúdios da Rádio Renascença e da Rádio Sim em Évora, assistente diocesano do Movimento da Mensagem de Fátima, da Associação dos Missionários de Cristo Sacerdote, do Movimento dos Cursos de Cristandade e membro do Conselho Presbiteral e do Cabido da Basílica Metropolitana de Évora, na qualidade de cónego capitular, assumindo as funções de tesoureiro-mor.

Entre 1986 e 1988 foi vigário paroquial das paróquias de Nossa Senhora da Saúde e Nossa Senhora de Fátima em Évora, redactor religioso e cultural da Rádio Renascença – Voz do Alentejo e assistente diocesano das Obras Missionárias Pontifícias, além de capelão do estabelecimento prisional de Évora.

De 1990 a 2000, o cónego Francisco José Senra Coelho foi director e editor do boletim ‘Igreja Eborense, Vida e Cultura da Arquidiocese de Évora’.

A nível académico o cónego Francisco José Senra Coelho é doutorado em História pela Universidade Internacional de Phoenix tendo como tema da tese a vida do arcebispo de Évora, D. Augusto Eduardo Nunes, no contexto da Primeira República em Portugal.

Em 2014, leccionava a disciplina de História da Igreja no Instituto Superior de Teologia de Évora e era membro da sociedade científica da Universidade Católica Portuguesa e do Conselho Científico do Centro de Estudos de História Religiosa da mesma Universidade.

Regressa agora à Arquidiocese de Évora

1 Comment
  • Pedro Armando Teixeira Ribeiro on Junho 26, 2018

    Antes de frequentar os Liceus Nacional de Barcelos e o Sá de Miranda, em Braga, frequentou o Colégio Salesiano Dom Bosco em Lourenço Marques, hoje Maputo.

Deixar um Comentário