Palavra ao nosso Arcebispo: OUTUBRO MISSIONÁRIO E A NOSSA ARQUIDIOCESE

OUTUBRO MISSIONÁRIO E A NOSSA ARQUIDIOCESE

No passado dia 22 de Outubro de 2017, o Papa Francisco proclamou o mês de Outubro de 2019 como “Mês Missionário Extraordinário”, tendo por motivo a celebração do centenário da promulgação da Carta Apostólica “Maximum illud”, do Papa Bento XV. Como refere o Santo Padre Francisco na sua carta, este documento pontifício, escrito no final da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), convocava a Igreja para a urgência de «requalificar evangelicamente a missão da Igreja no mundo», superando as tendências colonialistas, nacionalistas e expansionistas que conduziram a Humanidade aos trágicos acontecimentos da Primeira Grande Guerra. Bento XV desejava reforçar o impulso que deveria ser dado às missões “ad gentes”, pois Cristo é a Luz das Nações e, por isso, para a Igreja, nenhum povo lhe é estranho.

Para o Papa Francisco, o tema da Missão no contexto da Nova Evangelização é muito caro, dedicando-lhe, por isso, abundantes referências e reflexões na sua primeira Exortação Apostólica, “A Alegria do Evangelho”. Para o Sucessor de Pedro, este Mês Missionário Extraordinário tem como objectivo «despertar em maior medida a consciência da missão na vida pastoral.» O convite que este Outubro Missionário nos propõe é que cada Cristão assuma em compromisso real de vida este novo impulso, transformando-se cada vez mais em Discípulo Missionário, Testemunha viva de Cristo, e que tudo faça para que as Comunidades Cristãs se transformem em autênticas realidades missionárias e evangelizadoras.
Trata-se de um modo novo de olhar para as comunidades, não apenas como lugar de encontro dos que aí vivem e celebram a mesma Fé, como se fossem apenas um ponto de chegada e de encontro, mas sem deixar de o ser, assumam também a sua missão de saída e de anúncio, valorizando toda a criatividade e empreendedorismo missionário, no qual a riqueza da humanização evangélica se evidencia.
A Arquidiocese de Évora sempre foi um espaço missionário: deu missionários ao mundo e assumiu-se missionária nas suas gentes e comunidades. Sem dúvida que o testemunho dos últimos Prelados marcou imenso a vida pastoral da Arquidiocese e moldou a sua alma missionária. A generosidade demonstrada nas missões populares, nomeadamente nos contextos das Visitas Pastorais e no mês de Maio dedicado a Nossa Senhora, são disso exemplo.
É pois, a partir deste edificante testemunho de generosidade missionária, que convido cada Presbítero, Diácono Permanente, Religioso ou Religiosa, Pessoa Consagrada, cada Família Cristã e cada Comunidade, Movimento Eclesial ou Grupo de Vida a fazer deste Outubro Missionário um encontro com Cristo para todos nós e para muitos que são periferia social e existencial nas nossas comunidades.
Confio muito na capacidade criativa, nos dinamismos de alegria e na força da esperança dos nossos jovens. Que eles façam acontecer Cristo entre os seus irmãos jovens!
Peço aos queridos irmãos doentes e mais idosos que unam as suas orações e sofrimentos e se tornem missionários na Cruz!
Que Nossa Senhora da Conceição, Padroeira da Arquidiocese, nos leve pela mão e nos conduza em missão, para que com Ela nos tornemos local de encontro com Jesus, o Salvador e o Libertador.
Évora, 25 de Setembro de 2019
Francisco José, Arcebispo de Évora
Outubro Missionario Calendario
Publicado in “a defesa” de 25 de Setembro de 2019

Contactos