12 e 13 de agosto, em Fátima: Peregrinação do Migrante e do Refugiado

O bispo de Fall River (Estados Unidos da América), D. Edgar Moreira da Cunha, vai presidir, dia 12 e 13 de agosto, em Fátima, à Peregrinação do Migrante e do Refugiado.

No dia 12 de agosto, pelas 16h00 realiza-se uma conferência de Imprensa de apresentação da peregrinação, na Casa de Nossa Senhora do Carmo, promovida pela Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana (CEPSMH), em conjunto com o Santuário de Fátima, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Este ano celebra-se os 50 anos da Semana Nacional de Migrações e os 60 anos da Obra Católica Portuguesa de Migrações.

Estas duas efemérides suscitam “um conjunto de sentimentos e bons propósitos: sentimentos de ação de graças ao Senhor por estes abençoados e fecundos anos, cheios de vitalidade; sentimentos de gratidão a quantos serviram e servem dedicadamente esta obra”, lê-se numa mensagem da CEPSMH.

Quando, em 1962, foi constituída formalmente a OCPM já se levava cinco anos de “intensa atividade”, em estreita ligação com os organismos da Santa Sé, de estudo e presença junto dos migrantes.

Seis décadas depois, a realidade “é muito diversa da de então: os emigrantes da década 60 e 70 do século passado estão, em regra, bem integrados nos países para onde emigraram, assim como os seus descendentes; os novos emigrantes neste milénio apresenta-se como uma geração com maior grau de instrução e profissionalmente mais preparados; o número de imigrantes a chegarem a Portugal aumenta todos os dias, com os desafios que isso acarreta; a realidade dos refugiados e do tráfego humano, que chegam à Europa, entra-nos pelos olhos e pelo coração adentro”, acrescenta a nota.

 

Contactos