Mensagem do Arcebispo de Évora ao Conselho Geral da Pastoral Familiar

No dia 1 de outubro, em Évora, decorreu o Conselho Geral da Pastoral Familiar da Arquidiocese de Évora.

O Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho, dirigiu a seguinte Mensagem àquele Conselho:

 

MENSAGEM AO CONSELHO GERAL DA PASTORAL FAMILIAR 
Estimadas famílias, caros casais, saudações cordiais e votos de Saúde, Paz e Bem!
Ao iniciar este novo Ano Pastoral, dirijo-me a vós com o meu coração repleto de alegria e esperança. Dou graças ao Senhor pelo vosso testemunho de vida e pelo vosso trabalho pastoral. Bendito seja Deus pelo Departamento Arquidiocesano da Pastoral Familiar, pelos Movimentos Familiares, pelos Grupos de Casais e por cada uma das ações que vindes realizando em prol da Família, bem supremo e imaterial da Humanidade; berço natural da Vida e da Fé! Bendito seja cada um de vós e a generosidade e coerência com que vos entregais às diversas tarefas testemunhais de vida que assumia nos vossos ambientes familiares, sócio-profissionais, culturais e paroquiais. Como não bendizer a Deus por tanto trabalho realizado com os noivos e as ajudas discretas e silenciosas compartilhadas com outras famílias e casais em desesperantes provações ou difíceis sofrimentos! Em nome da nossa Igreja Arquidiocesana muito obrigado pela vossa dádiva de vida e de tempo, afinal de disponibilidade. Aos dedicados Sacerdotes que espiritualmente vos acompanham e vos apoiam, bendito seja Deus pela vossa vocação e pelo vosso Ministério!
“Falar de Deus a famílias que não falam de Deus”, eis o desafio que os sinais dos tempos vos colocam e vos apontam! Eis a chamada e o envio missionário que a Igreja de Cristo em Évora vos pede e a que o vosso Bispo se une e em nome do Espírito Santo, confirma. Recordando S. João Paulo II, também eu pergunto e afirmo: “quem evangelizará a Família, senão as famílias?”
Assim, neste Novo Ano Pastoral, somos todos convidados a “Caminhar  juntos na Esperança“, como Maria, que perante os sinais de Deus, “se levantou e partiu apressadamente“ (Lc 1, 39), fazendo da Sua vida um dom de Esperança e de Serviço, fazendo-se afinal Discípula Missionária, Mãe, Família e por isso, Esperança.
Crescermos juntos na fidelidade da nossa vocação à Santidade, no concreto do nosso estado de vida, e partilhar em Igreja sinodal a nossa Esperança e o nosso sentido de vida com as novas gerações, será o projecto que o Senhor Ressuscitado nos confia.
Confiamos n’Ele como nosso Bom Pastor e com Ele nos queremos redescobrir Humanidade Nova, no grande desafio que é, com o Papa Francisco, vivermos em caminhada para as Jornadas Mundiais da Juventude: todos jovens, todos família!
Que por intercessão da Rainha das Famílias, o Senhor Jesus distribua por todos nós uma carinhosa benção de criatividade, coragem e fortaleza.
Évora, 1 de Outubro de 2022
+ Francisco José, Arcebispo de Évora
Deixar um Comentário

Contactos