8 de dezembro, na Igreja de Santo Antão, em Évora: Imposição do Escapulário (com catequeses)

Convite de Nossa Senhora

A “arma” e Proteção especial de Nossa Senhora: O Escapulário

A exemplo dos anos anteriores ao confinamento, a imposição do escapulário, tornou-se tradição na cidade de Évora e muito procurada pelos leigos, vindos até de outras regiões.
Após pausa por motivos de confinamento, vamos no dia 8 de Dezembro deste ano corrente, efectuar a celebração da Imposição do Escapulário. Deste modo, daremos possibilidade de participação, a mais interessados, visto que no dia 16 de Julho, dia habitual da imposição, se encontravam muitas pessoas de férias e ausentes.
Agora mais do que nunca, precisamos da proteção especial da Virgem Imaculada.
John Mathias Haffert, autor do livro “Maria na sua Promessa do Escapulário”, entrevistou uma vez a irmã Lúcia e perguntou-lhe, porque é que Nossa Senhora, na Sua última aparição em Fátima, segurava o escapulário na mão?
E a irmã Lúcia respondeu:
– É que a Virgem Maria quer que todos usem o escapulário.
É um sinal Mariano de salvação, de aliança e consagração a Nossa Senhora, defesa, proteção, mas não é um amuleto!!!
Através dele muitos milagres e curas aconteceram.
Infelizmente caiu em desuso e hoje pouco se ouve falar do escapulário. Nós queremos lembrá-lo mais uma vez e fazer frente a estes tempos, em que se recorre tanto a amuletos e nos esquecemos dos “tesouros escondidos”, que estão à sua espera na Nossa Santa Igreja e que lhe são oferecidos por Deus, Jesus e Maria.
O Escapulário castanho existe há 772 anos, desde que Nossa Senhora do Carmo o deu a S. Simão Stock.
Ele estando em grande aflição e desespero, pediu ajuda à Virgem do Carmelo. Ela apareceu-lhe e deu-lhe o escapulário, como sinal de ajuda, proteção e salvação.
Inicialmente era imposto apenas aos carmelitas, mais tarde abrangeu outras ordens religiosas e os leigos também, agregando-nos à Família Carmelita, ficando a fazer parte da Ordem Terceira dos Carmelitas Descalços.
É uma grande “Arma” de salvação e proteção, se vivermos segundo as exigências de uma vida cristã.
Lembro mais uma vez, que não é um amuleto, é um sacramental, que só pode ser imposto, uma vez na vida e por um sacerdote. Tanto bebés, como crianças, jovens, idosos e adultos, o podem receber.
Nossa Senhora do Carmo prometeu a salvação, a quem morresse com o escapulário. Se seguissemos os preceitos de uma vida cristã, não seríamos condenados ao fogo eterno e no primeiro sábado a seguir à nossa morte, Ela nos tiraria do Purgatório e nos levaria para o Céu. Isto é o chamado Privilégio Sabatino.
Esta promessa da Nossa Mãezinha continua!!!
Na época actual, procuram-se os mais variados tipos de talismãs para dar sorte, para proteção, contra o mau olhado, para nos curarmos e, como forma “mágica” de se resolverem todos os nossos problemas e esquecemo-nos, que tudo isto, está em contradição, com a nossa fé.
Não podemos procurar “ajuda” em falsos profetas esquecendo-nos que somente O Nosso Criador, tem poder sobre a nossa vida e a nossa morte e para tal, usa somente O Seu Filho, O Divino Espírito Santo, a Mãe de Deus e toda a Corte Celeste dos Seus Anjos e dos Seus Santos. Tudo o mais, vai contra a nossa fé!
Não vire as costas ao convite da Nossa Mãe Imaculada e revista-se das “Suas Vestes e das Suas Armas”.
Compareça à Imposição do Escapulário, no próximo dia 8 de Dezembro, do corrente ano.
Desde já, queremos avisar, que é necessário, que traga o escapulário castanho de pano (de Nossa Senhora do Carmo), que se pode comprar, numa casa de artigos religiosos. Não basta comprá-lo e colocá-lo ao pescoço, ele tem que ter a Bênção especial do Escapulário, que é feita por um sacerdote e logo de seguida é feito o ritual da imposição do mesmo.
Na próxima semana, daremos todas as informações necessárias para o poder receber.

M.F.H.

Para mais informações, contacte:
T.M. 91 90 13 452
ou T.M. 91 32 94 48


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Contactos