A Palavra ao nosso Arcebispo: Mensagem para a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus de Campinho – Reguengos de Monsaraz

Estimado Padre Manuel José Dourado Dias Marques, Rev.mo Pároco da Querida Paróquia do Sagrado Coração de Jesus de Campinho, Comunidade integrada na Unidade Pastoral de Reguengos de Monsaraz de que és dedicado e zeloso Pastor, saudações cordiais e fraternas, e votos de Saúde, Paz e Bem, para ti, para o Rev. Diácono Domingos Manuel Martins Barão, para todo o Povo de Deus e para todos os que não tendo Fé, são pessoas de boa vontade!

1- Ao acabar de tomar conhecimento de que no Centro Social e Paroquial Sagrado Coração de Jesus dessa Paróquia, viveis um momento de preocupação devido aos testes dados como positivos, ao vírus Covid 19, a duas dedicadas, competentes e muito estimadas funcionárias dessa benemérita instituição, venho pedir-te o especial favor de fazeres sentir a cada uma delas a minha especial proximidade na amizade e na oração, bem como a nossa gratidão pelo seu trabalho, vivido em espírito de Missão, entrega, competência e Amor aos Idosos. Para elas a certeza de uma inumerável retaguarda de Amizade em oração para que tudo venha a decorrer pelo melhor! Contem com a oração pessoal do vosso Bispo, por vós, pela vossa Família  e Amigos, sempre preocupados convosco e agora, ainda mais. Por favor, coloquem-me entre eles, a vosso lado e convosco.

Obrigado pelo vosso Sim dado à causa da solidariedade, sobretudo em cada rosto amigo e cansado dos vossos amados idosos, que conheceis pelo nome, pelo olhar triste ou alegre, pelos calos das suas mãos e pelas histórias de suas vidas, talvez mil vezes escutadas com carinho por vós. Obrigado! Bem haja! Estou convosco!

2- Dirijo-me também a cada uma das 15 colaboradoras e aos 39 utentes das três valências dessa IPSS: Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) e Centro Dia (CD), para igualmente vos manifestar a minha Amizade e a minha presença ao vosso lado, para que de mãos dadas e com a coragem que nos vem da Fé vos animar a que vos mantenhais calmos, serenos, cooperantes e unidos, na certeza que com a ajuda de Deus e por intercessão de Nossa Senhora, vamos vencer esta provação e haveremos de celebrar a alegria da vitória, com o ganho de maior Fé e mais comprometida amizade entre todos os habitantes de Campinho.

Rezai e trabalhai juntos, com a amizade do vosso Pároco, e a Luz despontará no meio das preocupações que neste momento legitimamente vos invadem. Não percais a esperança de que a tormenta passará porque Jesus, no Seu coração de Bom Pastor, O vosso Padroeiro, vai convosco na vossa barca.

3- Concluo está mensagem lembrando o grande sinal que nos ofereceu o Santo Padre, o Papa Francisco, no passado dia 27 do corrente mês de Março, na Praça de S. Pedro, deserta, durante a Celebração da Palavra com Adoração ao Santíssimo Sacramento e Benção Urbi et Orbi, quando na sua catequese nos lembrou que “vamos todos no mesmo barco” e só nos salvamos juntos, se todos dermos as mãos. No dizer de Pio XII, ou nos salvamos em cacho, ou pereceremos em cacho. Por isso, é hora de todos rezarmos pelos nossos irmãos e irmãs, por toda a população de Campinho. Que as análises que vão continuar a ser feitas dêem resultados negativos e que todos os trabalhos de prevenção decorram com serena confiança e boa colaboração e compreensão de todos.

Que a nossa Arquidiocese se una em volta desta intenção, proposta pelo vosso Pastor Diocesano, a Paróquia de Campinho: Que o Senhor os encoraje e proteja! Que Nossa Senhora da Conceição, nossa celestial Padroeira, lhe mostre a presença do Seu sorriso de Mãe!

Unido ao vosso Pároco, ao vosso Diácono e a cada um de vós. A Bênção de Deus para todos, sem excepção!

Évora, 30 de Março de 2020

+ Francisco José, Arcebispo de Évora

Contactos