2020/2021: Ano “Laudato Si” assinalado na Arquidiocese de Évora

No dia 24 de Maio de 2020, o Papa Francisco assinalou o quinto aniversário da Laudato Si desafiando a Igreja a viver um ano comemorativo desta encíclica para “chamar a atenção para o grito da terra e dos pobres”.

Este ano especial, que encerrou no passado domingo, dia 23 de maio, teve como objetivo principal “propor um compromisso público comum com a sustentabilidade total a ser alcançada em sete anos”. Pretendeu esta iniciativa, no dizer do Papa Francisco, envolver “as famílias, dioceses, ordens religiosas, universidades, escolas, unidades de saúde e o mundo dos negócios, com especial atenção às empresas agrícolas”.

A Arquidiocese de Évora desde a primeira hora acolheu o desafio do Santo Padre, e nos Parâmetros Fundamentais para o Plano Pastoral 2020/21, foi desde logo assumida a vivência do Ano Laudato Si.

Deste modo, o ano dedicado à Laudato Si foi aproveitado como uma ocasião oportuna para iniciativas onde a mensagem cristã se tornou mais presente no nosso quotidiano. Temas de reflexão, colóquios e jornadas, para além de outras iniciativas foram tidas em conta nas actividades pastorais diocesanas.

As Jornadas de Actualização do Clero das dioceses do Sul, realizadas em janeiro de 2020 foram desde logo um bom prenúncio, tendo desenvolvido o tema: “Ecologia Integral: o Homem no Centro da Criação”.

Entretanto, em julho de 2020, aceitando a sugestão do Papa de celebrar o quinto aniversário da Encíclica Laudato Si, o Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Évora propôs a inclusão do tema da ecologia no plano pastoral 2020/2021. Para dar alguma substância a este argumento, o Departamento da Catequese de Adultos e do Apostolado dos Leigos, pediu a alguns colaboradores que desenvolvessem temas de estudo, para que fossem usados quer pelos Grupos Paroquiais de Adultos quer por outros cristãos das comunidades locais.

Como fruto concreto deste trabalho foi lançado no início do corrente Ano Pastoral na Arquidiocese de Évora, em outubro de 2020, um conjunto de Reflexões para Grupos sobre a Carta Encíclica Laudato Si, intitulado “O Cuidado da Casa Comum”.

Esta brochura foi trabalhada nos Grupos Paroquiais de Adultos e noutros grupos nas comunidades locais, assim como nas reuniões mensais das Vigararias do Clero eborense.

A brochura propôs seis temas de estudo, tantos quantos os capítulos da Encíclica do Papa Francisco, muito ligados entre si, porque o próprio Papa indica que, na abordagem das questões ecológicas, se devem ter sempre em conta a situação dos pobres e a fragilidade do Planeta, a interligação dos diferentes factores, as formas de poder derivadas da tecnologia, os novos entendimentos da economia e do progresso, o valor próprio de cada criatura, o sentido humano da ecologia, a responsabilidade da política internacional e a exigência de um novo estilo de vida.

Já em 2021, desde passado mês de março, o cónego Silvestre Marques, director do Departamento diocesano da Pastoral Social apresenta, quinzenalmente, na plataforma zoom, por capítulos, a Carta Encíclica Laudato Si. As apresentações já realizadas podem ser revistas no site da Arquidiocese de Évora, clique aqui.

Contactos