Arcebispo dirige mensagem aos concelhos e comunidades cristãs em confinamento parcial

Todos os concelhos com mais de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes terão de cumprir um novo conjunto de restrições sociais e laborais. Medidas anunciadas, no passado dia 31 de outubro, pelo Primeiro-Ministro, António Costa, após o Conselho de Ministros extraordinário, e que entram em vigor neste dia 4 de novembro.

No total são 121 os concelhos que vão entrar em confinamento parcial, dos quais 7 estão localizados na área geográfica da Arquidiocese de Évora, nomeadamente: Alcácer do Sal; Benavente; Borba; Estremoz; Redondo; Viana do Alentejo; e Vila Viçosa.

Ao tomar conhecimento das preocupantes notícias sobre a COVID-19, o Arcebispo de Évora deixa uma mensagem aos concelhos abrangidos por este confinamento parcial, nomeadamente aos Autarcas, aos Médicos e demais profissionais de saúde e aos imensos profissionais envolvidos directa e indirectamente nesta preocupante situação.

“Dirijo uma palavra de coragem, de apreço, de solidariedade e de muita comunhão”, refere D. Francisco José Senra Coelho. Mensagem que dirige também aos Párocos e às Comunidades Cristãs daqueles Concelhos, afiançando que “como vosso Arcebispo, quero que saibam que vos acompanho com a minha oração e proximidade, confiando-vos a Nossa Senhora da Conceição, e invocando sobre vós a bênção de Deus”.

Contactos