Catequese: Grupos mais pequenos e maior presença online é a perspectiva para 2020/2021

D. António Moiteiro, bispo de Aveiro e Presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF), disse aos responsáveis dos Secretariados Diocesanos da Catequese que o novo ano vai exigir grupos mais pequenos e “maior presença online”.
A posição foi divulgada no dia 12 de Julho pelo portal ‘Educris’, do Secretariado Nacional da Educação Cristã, após um encontro que decorreu a 7 de Julho, em Fátima, com participação presencial e online.
“Com certeza teremos grupos mais pequenos e teremos maior presença online. Aprendemo-lo com este tempo de confinamento. Teremos de pensar em espaços diferentes. Há várias dimensões que precisamos de acautelar para que haja uma catequese presencial segura e uma catequese que ajude a fazer a experiência da iniciação cristã, sempre no estrito cumprimento das normas da DGS”, referiu D. António Moiteiro, em declarações ao ‘Educris’.
O bispo de Aveiro considerou “fundamental” o papel dos pais na formação cristã dos seus filhos e deixou alguns desafios e linhas de actuação para o novo ano catequético.
Num momento de poucas certezas sobre o recomeço das actividades, no próximo mês de Setembro, o prelado destacou a importância das “experiências online” e sustentou a necessidade “da prudência e do cumprimento das normas apresentadas pela Direção Geral da Saúde (DGS)”.
Durante o encontro foi apresentado o curso ‘Ser Catequista’, que substitui o curso de iniciação catequética.
A nova formação propõe um “percurso de fé para os próprios catequistas para que possam ser para outros testemunhas do encontro com Jesus Cristo”, explicou ao Educris o padre José Henrique Pedrosa, responsável da Diocese de Leiria-Fátima.
A reunião apresentou, ainda, a reformulação do projecto ‘Say Yes’ para o próximo ano catequético e anunciou, para o final do mês de Setembro, a edição portuguesa do novo Diretório para a Catequese.
No próximo dia 18 de Julho, o SNEC promove a reunião do Departamento de EMRC.

Contactos