Conselho Pastoral Diocesano reuniu a 4 de Julho

Na manhã deste dia 4 de Julho, decorreu uma Reunião Extraordinária do Conselho Pastoral Diocesano (CPD), no Seminário Maior de Évora, presidida pelo Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho.
A reunião iniciou com um momento de oração e a saudação do Prelado, na qual sublinhou que “não podemos estar num Cristianismo sem redenção, neste momento que vivemos”.

“Somos convidados a fazer com que o Espírito actue em nós no sentido da Esperança. O Senhor guia-nos e no início deste Ano Pastoral deu-nos este lema “Discípulos Missionários da Esperança”, tendo-nos desafiado a procurar e acolher os sedentos da esperança”, referiu o Prelado.

“Temos que ser a pedra onde Cristo edifica a sua Igreja, ainda mais neste tempo, sabendo que o Senhor está connosco e actua através de nós”, concluiu o Arcebispo de Évora.

Seguiu-se leitura e aprovação da Acta da Reunião anterior.

Entretanto decorreu a apresentação do tema “Reflexão em contexto de pandemia”, pelo Cónego José Morais Palos, seguida de diálogo.

Na parte final da reunião decorreu a avaliação do Ano Pastoral, que teve como tema “Procurar e Acolher os Sedentos da Esperança”, seguida de propostas pastorais para o próximo Ano Pastoral.

O Cónego Carlos Melo, coordenador da Pastoral Diocesana, explicou aos membros do Conselho Pastoral que “com a Pandemia, o Plano Pastoral 2019/2020 não pode ser executado como estava previsto. Neste sentido, para o próximo Ano Pastoral 2020/2021, o tema que guiará a Arquidiocese de Évora será o mesmo, ‘Procurar e Acolher os Sedentos da Esperança’.”

Na prática, o Triénio Pastoral que estava previsto para a Arquidiocese de Évora passará a Quadriénio Pastoral, porque este primeiro ano do triénio será prolongado por dois anos.

(Leia a reportagem na íntegra na próxima edição (8 de Julho) do jornal “a defesa”)

Contactos