Em Pavia: Sagração de um novo altar para a capela de S. Francisco

No passado Domingo, a paróquia de Pavia teve o privilégio de participar numa celebração única, que muitos de nós nunca tinha assistido e provavelmente nunca mais assistirá.
Durante a celebração da Eucaristia, presidida pelo Sr. Arcebispo, fez-se a Sagração de um novo altar para a capela de S. Francisco.
Poderia ter sido uma bênção simples, mas o nosso pároco, Pe. Nelson, decidiu dar a solenidade e dignidade que merece um ato desta natureza.
Uma simples mesa que depois de um ritual próprio se transforma em altar do sacrifício de Cristo onde Ele entrega a Sua vida; no altar da refeição onde Ele entrega o Seu Corpo e o Seu Sangue em alimento.
O rito da sagração inicia-se com a ladainha dos Santos, divinalmente cantado pelo coro do grupo de jovens da paróquia de Mora. Segue-se a imposição das relíquias, no caso de Santa Beatriz da Silva.
Continua o rito com a unção do altar com o óleo do crisma e a incensação onde vemos uma longa e espessa coluna de fumo, que nos lembra a presença de Deus que guia o Seu Povo na travessia do Mar Vermelho e por fim a colocação da toalha branca, que como referiu o Sr. Arcebispo na homilia, simboliza o pano que envolveu Jesus no Seu nascimento, o pano no qual ficou gravado o Seu rosto no caminho do calvário, o sudário usado na Sua morte e cuidadosamente deixado no sepulcro na Sua Ressurreição.
Foi uma graça muito grande para esta pequena comunidade podermos assistir e participar nesta celebração única, como também é com muita alegria que recebemos o nosso arcebispo nesta paróquia.
Quiseram unir-se a nós as comunidades irmãs de Malarranha e de Mora que colaborou com o canto litúrgico do coro do grupo de jovens, para tornar esta celebração ainda mais bela.
No final da Eucaristia, saímos em procissão para levar o altar para a capela de S. Francisco, acompanhados pela imagem de Nossa Senhora de Fátima.
Ficará, com certeza, na nossa memória e no nosso coração esta experiência única vivida nesta paróquia.

Contactos