Faleceu a Irmã Maria Celeste, Serva da Santa Igreja (actualizada)

A Congregação das Irmãs Servas da Santa Igreja informa, na sua página de facebook, que faleceu na madrugada de hoje, dia 3 de Dezembro de 2021, a Ir. Maria Celeste, de 90 anos de idade, cujo estado de saúde se agravara nas últimas semanas.

Amanhã, sábado, dia 4 de dezembro, pelas 13h30 horas, o Senhor Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho, celebrará a Eucaristia de corpo presente, na Capela da Casa Geral das Irmãs, na rua de Avis, após a qual decorrerá o funeral para o Cemitério dos Remédios da Irmã Maria Celeste.

A Irmã Maria Celeste Andrade Marques Santa Cruz nasceu a 14 de Março de 1931, na Escusa, Concelho de Marvão, diocese de Portalegre. Era irmã de dois sacerdotes, nomeadamente, Padres Fortunato Santa Cruz e Manuel Santa Cruz.

Muito jovem respondeu ao convite do Senhor, entrando na Congregação com 18 anos. A 2 de Fevereiro de 1954, com 23 anos de idade fez a sua Doação Perpétua.

Foi encarregada da Livraria Gráfica Eborense. Missão que desempenhou com extrema dedicação, durante 49 anos.

Esteve ao serviço da Congregação como Superiora de comunidades e foi Ecónoma Geral e Superiora Geral da Congregação, na sua simplicidade, humildade, delicadeza e finura interior,  comunicando a todos, nesta cidade de Évora.

Foi uma das irmãs que conheceu o Fundador, D. Manuel Mendes da Conceição Santos. Dele partilhava a sua atenção e delicadeza a cada uma, nas suas necessidades.

Bendito seja Deus pelo testemunho da Irmã Maria Celeste: a sua entrega a Deus e aos Irmãos como uma vela que se gasta até ao fim da sua vida, lutando sempre, não se poupando a sacrifícios, nesta Arquidiocese.

Apresentamos sentidas condolências à Família e à Congregação das Irmãs Servas da Santa Igreja.

*Informação actualizada às 23h50 de 3/12/2021, com os dados biográficos.