Palavra do nosso Arcebispo: Orações pelas Instituições e Localidades mais atingidas pela Covid-19

*Atualizado a 8 de março de 2021

Neste início de Ano Novo desejo a todos os diocesanos Saúde, Paz e Bem.

Chegando-me constantes mensagens e apelos das Comunidades mais atingidas pela Covid-19, lamentavelmente tão difundida entre nós, apelo a todas as Comunidades cristãs que incluam na sua Oração dos Fiéis, uma prece por todas as Comunidades mais atingidas neste momento, nomeadamente pelos agentes da saúde, socorro e por todas as Instituições que cuidam dos nossos irmãos mais idosos.

Saúdo e agradeço, em nome da Igreja, todo o empenhamento, competência e profissionalismo dos médicos, enfermeiras e enfermeiros, farmacêuticos, diversos técnicos de saúde, e capelães, nos difíceis momentos vividos nos Hospitais do Espírito Santo, em Évora, e de Santa Luzia, em Elvas.

Socorrendo-me das informações diretamente chegadas das Comunidades, garanto a minha oração por todos, lembrando neste momento as Instituições mais atingidas:
– Lar Nossa Senhora da Visitação, da Santa Casa da Misericórdia de Évora;
– Lar da Casinha (Évora);
– Lar Nossa Senhora das Candeias (Mourão);
– Lar da Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas;
– Lar Nossa Senhora da Saúde da Casa do Povo de Vendas Novas;
– Lar da Associação de Cabeção de Solidariedade aos Trabalhadores Idosos (Cabeção – Mora);
– Lar de Nossa Senhora da Purificação (Cabeção – Mora);
– Lar de Santa Isabel (Pavia);
– Lar da Santa Casa da Misericórdia de Cabrela (Montemor-o-Novo);
– Lar Nossa Senhora do Paço, (Barbacena – Elvas);
– Lar da Santa Casa da Misericórdia de Benavente;
– Lar do Centro Social Paroquial de Nossa Senhora da Boa-Fé (Évora);

– Lar da Misericórdia de Viana do Alentejo;
– Lar do Centro Social e Paroquial de Santo Aleixo (Monforte);
– Lar do Centro Social Paroquial Santo António de Lavre (Montemor-o-Novo);
– Lar Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Igrejinha (Arraiolos);
– Lar da Fundação Obra de S. José Operário (Bacelo – Évora);
– Lar Rainha Isabel da Misericórdia de Alcácer do Sal;
– Centro de Acolhimento Temporário – Centro Social Paroquial de São Brás (Évora);
– Lar de Évora da Fundação Obra de S. José Operário;
– Lar da Santa Casa da Misericórdia de Azaruja;
– Lar da Santa Casa da Misericórdia de Redondo;
– Lar da associação Abrigo dos Velhos Trabalhadores (Montemor-o-Novo);
– Lar “O Solar” (Montemor-o-Novo);
– Lar da Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro (Arraiolos);
– Lar residência da Cerciestremoz – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados (Estremoz);
– Lar Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires (Estremoz);
– Lar de Santo André (Estremoz).

Assim como as localidades de Vendinha, Terrugem e Samora Correia.

De acordo com as lista divulgada pela Direção-Geral da Saúde, no dia 22 de fevereiro de 2021, os Concelhos da Arquidiocese*:

  • com Incidência cumulativa a 14 dias inferior a 20 casos por 100 000 habitantes, nomeadamente: Mora; Redondo; Vila Viçosa.
  • com Incidência cumulativa a 14 dias inferior a 20 a 59 casos por 100 000 habitantes, nomeadamente: Borba; Montemor-o-Novo; Mora; Mourão; Reguengos de Monsaraz; Sousel.
  • com Incidência cumulativa a 14 dias inferior de 60 a 119,9 casos por 100 000 habitantes, nomeadamente: Alandroal; Alcácer do Sal; Avis; Campo Maior; Évora; Fronteira; Portel; Vendas Novas.
  • com Incidência cumulativa a 14 dias de 120 a 239,9 casos por 100 000 habitantes, nomeadamente: Benavente; Coruche; Elvas; Estremoz; Viana do Alentejo.
  • com Incidência cumulativa a 14 dias de 240 a 479,9 casos por 100 000 habitantes, nomeadamente: Arraiolos; Monforte.

Uno-me assim às referidas Instituições cuidadoras de Idosos, como Santas Casas da Misericórdia e Centros Sociais, assim como às referidas localidades.

2 de janeiro de 2021

+ Francisco José,
Arcebispo de Évora

 

Contactos