Palavra do nosso Arcebispo: Por ocasião da 25.º Peregrinação Nacional dos Acólitos a Fátima

Alegro-me com toda a  Arquidiocese de Évora pela realização da 25.º Peregrinação Nacional dos Acólitos ao Santuário da Cova da Iria.
Agradecemos todo o trabalho realizado pelos nossos mui estimados acólitos ao serviço da Liturgia nas nossas Paróquias e Comunidades Cristãs.
Sabemos que por detrás da sua fidelidade e da sua generosidade está o trabalho realizado pela Catequese e pelas estruturas litúrgicas nas Paróquias e Comunidades Cristãs; sem esquecer, mas pelo contrário valorizando a importância dos pais e da família dos acólitos, louvamos a Deus por este serviço ao altar, realizado por cada acólito a quem saudamos com amizade, esperança e gratidão.
Ao Serviço Nacional de Acólitos, ao Departamento Arquidiocesano da Liturgia, ao seu diretor Cónego Francisco Hipólito Santanita Couto, a todos os colaboradores e dinamizadores dos vários grupos de acólitos na nossa Arquidiocese exprimimos o nosso bem haja, o nosso obrigado.
São Tarcísio, acólito mártir, os Pastorinhos de Fátima e o bem aventurado Carlos Acutis sejam referência, guia e proteção para os grupos de acólitos, para cada acólito.
Parabéns pela 25.º Peregrinação Nacional dos Acólitos a Fátima, em mais um encontro com a Senhora da Mensagem entregue às três crianças.
Conforme nos lembra o Papa Francisco na sua mensagem dirigida hoje aos acólitos S. José, “figura santa e original de acólito de Jesus “, ao acompanha-lO e ao dar a vida constantemente por Ele seja nosso modelo.
Ficamos a rezar para que este serviço se multiplique em mais crianças e adolescentes e assim surjam novos grupos de acólitos e se fortaleçam os já existentes.
1 de Maio de 2021
+ Francisco José Senra Coelho
Arcebispo de Évora

Foto: Peregrinação 2021 (LFS/Agência ECCLESIA)

Deixar um Comentário