Viana do Castelo: Faleceu D. José Pedreira, bispo emérito da diocese

A ARQUIDIOCESE DE ÉVORA APRESENTA SENTIDAS CONDOLÊNCIAS À FAMÍLIA DO SENHOR D. JOSÉ PEDREIRA E A TODA A DIOCESE DE VIANA DO CASTELO.

D. José Pedreira, bispo emérito de Viana do Castelo, faleceu ontem, dia 14 de Outubro, aos 85 anos de idade, anunciou a diocese local, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

As exéquias são ser celebradas esta sexta-feira, pelas 15h00, na Catedral do Alto Minho, sendo o falecido bispo sepultado Cemitério Municipal de Viana do Castelo.

“No momento em que ainda recordamos de forma viva a partida repentina de D. Anacleto Oliveira, a Diocese de Viana do Castelo comunica o falecimento do seu bispo emérito D. José Augusto Martins Fernandes Pedreira, vítima de doença prolongada, ao final desta manhã”, refere o texto.

A Missa de 7.º Dia vai ser celebrada a 27 de Outubro, pelas 18h00, na Sé de Viana do Castelo.

O terceiro bispo da diocese do Alto Minho era padre desde 1959; em 1982, João Paulo II nomeou-o bispo auxiliar do Porto e, em outubro de 1997, bispo de Viana do Castelo, missão que desempenhou até 2010.

Monsenhor Sebastião Pires Ferreira, administrador diocesano, sublinha as limitações impostas pela atual pandemia.

“As circunstâncias excecionais que nos envolvem aconselham-nos, por isso, a reanimar a oração, assim como à serenidade e tranquilidade com fim a uma gestão cuidadosa da saúde pública”, escreve o responsável.

D. José Augusto Martins Fernandes Pedreira nasceu em Gondomil, no concelho de Valença, distrito de Viana do Castelo, no dia 10 de abril de 1935; entrou no Seminário de Braga em outubro de 1947 e foi ordenado presbítero na Sé de Braga, a 12 de julho de 1959.

Foi formador no Seminário Maior de Braga; diretor e professor do Colégio do Minho, em Viana do Castelo; e professor da Escola do Magistério Primário, da Escola de Educadoras de Infância e da Escola de Enfermagem de Viana do Castelo (1975-1979). De 1978 a 1983, foi chanceler secretário da Cúria Diocesana e, em 1982, promotor de Justiça do Tribunal Eclesiástico, sendo ainda pro-vigário geral da Diocese de Viana do Castelo.

A 31 de dezembro de 1982 foi nomeado como bispo auxiliar do Porto e titular de Elvas, tendo sido ordenado em Viana do Castelo por D. Armindo Lopes Coelho, a 19 de março de 1983.

A 29 de outubro de 1997, foi nomeado bispo de Viana do Castelo, tendo tomado posse a 8 de dezembro do mesmo ano; a 11 de junho de 2010, Bento XVI aceitou a sua renúncia, após atingir a idade determinada pelo Direito Canónico (75 anos).

A Diocese de Viana do Castelo tinha perdido, a 18 de setembro, o seu bispo, D. Anacleto Oliveira, que faleceu na sequência de um acidente de viação.

FONTE: Agência ECCLESIA

Contactos